Plano Municipal de Educação foi debatido nesta sexta feira 30 de junho

No dia 30/06 várias comissões representativas da educação de Rio Branco do Sul reuniram-se na Câmara de vereadores para discutir e monitorar o Plano Municipal de Educação (Lei 1.098/2015). Estiveram presentes equipes gestoras das escolas municipais e estaduais, conselho tutelar, representante do legislativo e professores eleitos para representar os docentes do município.

Na ocasião a secretária municipal de educação e cultura, Gislaine Slitingg, expôs a trajetória traçada para cumprir a meta 1, a qual consiste em universalizar o ensino para crianças a partir dos 4 anos de idade, como também explicou como se dará o cumprimento da meta 19 ainda esse ano, quando a comunidade escolar poderá escolher democraticamente os seus diretores. Conduzido pela professora Eliana Provenci, do Núcleo Regional de Ensino, o encontro foi extremamente proveitoso e permitiu aos presentes um reflexão sobre os avanços e dificuldades da educação em âmbito nacional e local. Durante todo o ano de 2017 encontros como esse serão proporcionados para as equipes de trabalho, até a audiência pública do PME prevista para o mês de novembro.

Reforma e Ampliações de Escolas

Prefeitura segue com o programa Municipal de Reformas e Ampliações de Escolas, dando sequência no programa que já reformou e ampliou mais de 15 escolas, a Escola Rural Municipal José de Anchieta na região do Pinhal já começa a receber as melhorias necessárias.

Acompanhe o desdobramento da obra em nossa página:

https://www.facebook.com/prefeiturariobrancodosul

 

Passeata de Erradicação do Trabalho Infantil

Hoje pela manhã (13 de junho), a Prefeitura Municipal de Rio Branco do Sul através da Secretaria de Educação e Cultura realizou a Passeata de Erradicação ao Trabalho Infantil.

O evento contou com a presença dos alunos e professores do 4° ano da Rede Municipal de Ensino.

A passeata teve inicio na frente do Ginásio de Esportes José Percy Maynardes, ao som da Fanfara Municipal percorreu o centro de Rio Branco do Sul, e fez sua concentração final na Prefeitura Municipal, onde os alunos realizaram diversas apresentações.

O Prefeito Cezar Gibran que participou da passeata falou sobre a importância de lutarmos para combater todo e qualquer tipo de exploração infantil. A Secretária de Educação e Cultura Gislaine Slitingg reforçou ainda mais o quanto é fundamental estarmos encarando isso como um problema de cunho social, mas que com atitudes como essa estamos no caminho certo, pois estamos plantando uma nova consciência nas nossas crianças e pais, assim como também nas próximas gerações.

***O dia 12 de Junho, dia Mundial contra o Trabalho Infantil, foi instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 2002, data da apresentação do primeiro relatório global sobre o trabalho infantil na Conferência Anual do Trabalho.
Desde 2002, a OIT convoca a sociedade, os trabalhadores, os empregadores e os governos do mundo todo a se mobilizarem contra o trabalho infantil. Anualmente, para marcar a data, é proposto um tema sobre uma das formas de trabalho infantil e realiza-se uma campanha de sensibilização e mobilização da população em geral.

Confira algumas fotos abaixo:

Ônibus novo para o Transporte Escolar

A prefeitura através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura acaba de conseguir mais um veículo para o transporte escolar. O Novo ônibus que vem reforçar a frota tem capacidade para 60 crianças e é adaptado para portadores de necessidades especiais. Foi conseguido através de muito esforço da administração pelo Módulo PAR-Simec com assistência financeira do FNDE. Vai ser usado nas linhas CMEI CAIC e faculdades.

Na foto a entrega simbólica realizada na manhã desta quarta feira ( 31), pela Secretaria Municipal de Educação Gislaine Slitingg à responsável do Transporte escolar Carla B. Vaz e aos motoristas Nivaldo, Wilson e Cézar.

Projeto de Inclusão Digital une pais e alunos em aulas de informática

Analisando o crescimento da informatização dos serviços oferecidos à sociedade atual, cada vez mais se busca a necessidade da inclusão digital dos cidadãos nesse modo de vida.

Neste contexto a escola pode ser uma ferramenta importante de inclusão digital. Abrir as portas da escola para os pais, somente para dizer que seu filho não apresenta um bom rendimento ou comportamento não é suficiente, é preciso orientar e proporcionar um novo cenário de intervenção, onde os pais possam aprender e interagir com entusiasmo e sabedoria.

Nesse sentido, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura transformou o laboratório de informática da Escola Municipal Nilce Faria Elias num espaço de informação e troca de conhecimentos com os pais para com seus filhos.

Lugar esse onde pais e alunos participam do Projeto de Inclusão Digital com aulas de informática e discussões pedagógicas.

Transporte Escolar Universitário Gratuito

Com a crescente exigência de qualificação no mercado de trabalho, profissionais que têm graduação superior têm mais chances não só de conseguir um boa vaga, mas também de se manter no emprego e de conseguir subir de cargo.

Mas nem todo mundo consegue entender a importância que um curso superior pode representar em sua vida profissional. Fazer uma faculdade ou um curso profissionalizante é importante para o crescimento pessoal, para se construir uma carreira sólida e para a estabilidade financeira.

Através do Transporte Escolar Universitário Gratuito a Prefeitura Municipal de Rio Branco do Sul presta um importante papel social, que vem contribuindo e possibilitando diretamente para que centenas de jovens venham a cursar uma Universidade.

Atualmente, o município de Rio Branco do Sul atende, com transporte escolar universitário gratuito, no período noturno, aproximadamente 200 alunos que se deslocam até Curitiba todos os dias.
Esses alunos estão divididos em 05 ônibus, sendo 04 terceirizados pela Empresa Riobrantur Transportes e 01 pertencente à frota escolar da própria Prefeitura.

Cada ônibus faz uma rota específica para que os alunos possam ficar o mais próximo de suas universidades (Centro Politécnico, PUC, UNICEMP, Federal , Unicuritiba, Dom Bosco Mercês, Tuitui Barigui, Positivo Batel, Positivo Ecoville, Uniandrade, Evangélica, UTFPR, FAE, Espírita, OPET, entre outras.

Além do conforto e a segurança de viajar em ônibus semi leito onde muitos jovens aproveitam o tempo e a viajem para estudar e colocar suas matérias em dia, desembarcar e embarcar próximo as suas casas e faculdades, os estudantes recebem esse benefício com custo zero, ou seja, totalmente de graça. Essa facilidade e economia para os alunos possibilita hoje a permanência e o ingresso de grande parte dos que fazem cursos universitários na capital.

Caso não houvesse esse serviço gratuito, provavelmente muitos desses jovens não estariam hoje cursando universidade, seja pela questão financeira, ou até mesmo por não conseguir conciliar os horários de trabalho, já que com ônibus de linha teriam que pegar dois ou três transportes com despesas de aproximadamente R$ 300,00, passando por embarques e desembarques em terminais lotados, pois muitas das Universidades ficam bem distantes do centro de Curitiba.

O transporte gratuito para alunos de Ensino Superior não é obrigatório, é um benefício que poucas Prefeituras oferecem, pois é pago com recursos próprios.

A prefeitura de Rio Branco do Sul através do transporte Universitário gratuito investe na formação de seus jovens pois acredita que a educação traz benefícios infinitos que atravessam gerações e são capazes de mudar o lugar onde vivemos, trazendo um futuro melhor para todos.

Secretaria Municipal de Educação e Cultura realiza entrega simbólica das apostilas para educação Infantil

Prefeitura através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura realiza entrega simbólica das apostilas para educação Infantil.

Foi realizada na manhã desta quarta-feira, dia (26) de abril nas dependências do CMEI Vovó Diva II, no bairro tiririca a entrega simbólica das apostilas para a educação infantil. Os livros fazem parte do material de apoio do Referencial Curricular Nacional Para a Educação Infantil, fornecido para as crianças.

Em seu conteúdo, além do programa didático infantil também contém conteúdo para auxiliar os pais dos alunos, criando interação entre pais e professores. Durante o evento a Secretária municipal de Educação e Cultura Gislaine Sliting deu boas vindas aos presentes e agradecendo a presença de todos, ressaltou a extrema importância da educação infantil como preparação e formação da vida adulta, onde o acompanhamento dos pais na escola dos filhos é fundamental.

Fez uso da palavra também a diretora do CMEI Fernanda Bittencourt que agradeceu o apoio da prefeitura nas reformas e adaptações para as duas novas salas de aula que em breve abrirão mais 31 vagas para a educação infantil.

A primeira dama Francielli Vaz fez um alerta sobre a violência e o abuso infantil, problema que segundo ela vem crescendo e precisa de máxima atenção. Pediu para os pais que fiquem atentos e denunciem qualquer tipo de abuso nesse sentido.

Em seu pronunciamento o Prefeito de Rio Branco do Sul Cezar Gibran Johnsson agradeceu a presença em massa dos pais no evento e ressaltou também a importância da participação, colaboração e o apoio dos pais na escola para fortalecer e criar uma verdadeira comunidade escolar entre pais, professores funcionários e alunos. Ressaltou os avanços obtidos recentemente na educação do município que ocupa hoje, posição de destaque entre os municípios vizinhos.

Os alunos do Pré II orientados pela professora Roseane fizeram uma bela apresentação para os pais e demais presentes no evento. Finalizando foram apresentadas aos pais as apostilas para a rede municipal de ensino infantil.

Prefeitura realiza a entrega de materiais de apoio para projetos de educação

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura Gislaine Slitingg realizou a entrega de um grande lote de materiais de diversas aplicações para escolas desenvolverem projetos educacionais.

Entre os materiais entregues estão eletrônicos, livros, mobiliário, projetor de vídeo, filmadora mesa de ping- pong, bolas entre outros materiais de uso em atividades escolares.

Os recursos são originários do FIA- Fundo da Infância e Adolescência através da Votorantin Cimentos do qual o CMDCA- Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Rio Branco do Sul disponibilizou para as APMF-Associação de Pais e Mestres e Funcionários das escolas que apresentaram o projeto e foram contempladas para o uso do recurso.

Entre as escolas contempladas através desses projetos estão Escolas Municipais: Nilce Faria Elias, Vitor Oliveira Franco, APMI e também as Escolas Estaduais Maria de Luz Furquim e Colégio Shirlene de Souza Rocha.