Entre os dias 29, 30 e 31 de maio a Secretaria de Agricultura promoveu em parceria com o SENAR o “Curso de Manejo de Bovinos de Corte” com o objetivo de implantar um manejo correto de bovinos de corte, tornando a atividade sustentável, tendo em vista que a principal atividade da região é a Pecuária Familiar voltada para pecuária de “Cria” atendendo o mercado de reposição.

Destacam-se entre os assuntos do curso:
– Manejo de crias;
– Cuidados com a vaca no pré-parto;
– Cuidados com o recém-nascido;
– Alimentação;
– Identificação – descorna e desmame;
– Controle sanitário;
– Recria de novilhos e novilhas;
– Mineralização;
– Marcação;
– Desenvolvimento;
– Reprodução;
– Seleção para reprodução;
– Terminação ou engorda;
– Instalações;
– Manejo de matrizes adultas;
– Estação de monta;
– Cuidados na gestação;
– Reposição do plantel;
– Manejo de touros;
– Vida reprodutiva.

A Secretaria de Agricultura tem um grande desafio, o de inserir tecnologia para o aumento da produtividade e redução de custos. O fato é que temos vários gargalos e talvez o mais forte seja a “Cultura Extrativista” muito enraizada em nosso povo que de forma acentuada estreitam nossos objetivos de uma produção intensificada, a qual devido a questões ambientais e econômicas é a principal tendência na agropecuária seja ela familiar, média ou grande no Brasil e no mundo!

Agradecemos a parceria do SENAR que de forma didática, prática e objetiva transferiu um conhecimento muito proveitoso e reconhecido pelos cursistas.

O assunto em destaque eleito pelos alunos foi a “pecuária de cria de ciclo curto” onde se tem uma matriz que produz 1 bezerro por ano desmandando o mesmo aos 8 meses com peso aproximado de 230kg à 280kg.